O que é um growth hacker

Show notes, o que é um Growth Hacker?

“No fundo, no seu core, marketing é criação de “contactos”. Anúncios dão a conhecer um produto ou serviço para gerar uma compra. PR, relações públicas, chamam à atenção para gerar uma compra. Social media fomenta comunicação, para gerar uma compra. Marketing não é um meio em si para gerar vendas mas sim um meio para chamar clientes/consumidores.” Growth hacker marketing, Ryan Holiday

 

“Tudo pode ser considerado marketing, desde que faça crescer o negócio.” Growth hacker marketing, Ryan Holiday

 

“David Ogilvy, era um vendedor de fornos porta à porta e ele tornou-se num dos melhores marketers porque nunca se esqueceu que o core de marketing é ser uma forma mais escalável de criar um aumento da procura que a venda porta à porta.”

 

Growth hacking é uma técnica de marketing (hoje a posição numa empresa) desenvolvida por startups tecnológicas que usa criatividade, pensamento analítico e métricas sociais para vender produtos ou ganhar exposição online. – Wikipedia

 

Apresentação Nir Eyal

 

Áreas de um growth hacker: growth (crescimento), engagement (interação) and monatization (fazer dinheirinho).

 

Um growth hacker em comportamento do usuário.

Estuda o comportamento de usuários para perceber como criar e fomentar engagement.

 

Porquê o engagement em growth hacking:

Todos os campos são necessários e complementam-se. Mas enquanto os truques de crescimento podem ser copiados e depois poderão ser fechados o engagement não se pode copiar. Há segredos em termos de hábitos ou interações que mesmo que a competição copie, pode não funcionar.

 

Viralidade sem engamenet não funciona. Mesmo que tenhas muita viralidade, muito crescimento, se não houver engagement/interação o serviço ou produto acaba por morrer. Por exemplo o Evernote, Amazon que não têm viralidade no crescimento mas são ótimos a criar um hábito no consumidor.

Os que são ótimas empresas têm as duas componentes (viralidade e hábito) Facebook, Pinterest, Paypal, etc.

 

Vitaminas e Analgésicos

Vitaminas, são aqueles produtos ou serviços que são um complemento

Analgésicos (painkiller) são aqueles que são necessários, que á uma dor que os consumidores querem que passe.

A verdade é que o Facebook, o Pinterest, Twitter, todos são vitaminas. Mas o hábito e a potencialidade de criar um hábito transforma-os em analgésicos. E a definição de um hábito é que se são satisfeitos, pode causar dor. Isso é a potencialidade da interação.

Imaginem o Email, é um painkiller, têm de usar e não podem viver sem ele. É quase uma obrigação que se pode comparar com o facebook para muita gente.

 

Tentar aprender com os usuários

É bom saber e estudar os nossos usuários. Não podemos por vezes simplesmente perguntar ao usuário e ver o que ele responde. Se tirarem o logo, as pessoas preferem o Bing à Google. O paradoxo Pepsi.

 

Por isso podemos perguntar às pessoas o que querem mas nem sempre podemos confiar nisso.

Não podemos esperar que os usuários do Facebook, ou do Twitter nos dizem que eles vão lá porque se sentem sozinhos.

Criar um hábito (gancho, um hook)

Um gancho é um padrão desenhado, algo que crie uma dependência que puxe os usuários a voltar

Formar um hábito

Definição: O hook/gancho é uma experiência desenhada para conectar frequentemente a solução de uma empresa com o problema do usuário de forma a criar um hábito. Não é para todos os produtos, exemplo: carro, seguro de vida, etc. Mas o Facebook, Pinterest, etc. necessitam disso, não resistem sem isso.

 4 Passos para criar um hábito (gancho):

  • Triggers

Interno – Quando ligas o browser e vais diretamente ao Facebook, é um trigger interno. Uma maneira de criar este trigger é associar o produto a algo externo (hora coca-cola light).

emoções, rotinas, situações, locais

Exemplo: pessoas com depressão vê mais email

 

Externo – Alarmes emails, “click aqui” (call to action),

Identifique quais os triggers que o seu cliente tem?

sinto-me sozinho, vejo o Facebook. Atue nesse trigger

 

  • Acão

Outra definhação de hábito é um comportamento sem ter consciência.

Simplificar ao máximo a ação que leve a recompensa. Simplificar um login, uma procura, abrir um email, uma sms, etc.

Para aumentar o comportamento desejado, deve-se ter um trigger presente, ter uma acção fácil e ter a motivação certa.

 

  • Recompensa

Recompensas que não sejam esperadas (surpresa), aumentam a resposta à recompensa. Ou seja, o pombo no estudo de psicologia.

Quando há mistério, aumenta a interação.

Aqui é quando um usuário que se sentia sozinho, já se sente melhor e com o mistério da recompensa.

 

  • Investimento

puxar os clientes/usuários a investirem na plataforma, no produto. Investir tempo, fotos, etc. que leve às pessoas a pensar já que adicionei tantas fotos, deixa ver o que retirei dali?

Tenho Likes?

Dai a importância do Facebook em subir a interação. quanto mais fotos no instagram mais se torna no vosso album de fotografias.

Algo que fique melhor, quanto mais a uses.

 

 

Subscrever o Podcast:

Subscrever RSS: http://goo.gl/fbRgx
iTunes: http://goo.gl/rjZHj
Twitter: https://twitter.com/pasteisdemkt
Youtube: http://youtube.com/pasteisdeMarketing
Sitcher APP: http://goo.gl/BWIpGJ 

 

[button align=”center” link=”http://pasteisdemarketing.podomatic.com/enclosure/2013-11-06T00_09_52-08_00.mp3″ margin=”20″]Download do Podcast[/button]

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Contacte-nos

Enviando

© APPM – Todos os Direitos Reservados. Website pela MindSEO. Alojamento pela WebHS.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account