Todos nos lembramos bem de quando aprendemos pela primeira vez o que era o marketing. Para muitos dos que lêem este artigo, o marketing ainda foi ensinado ou como uma disciplina secundária da gestão, ou, pior ainda, como mais uma das mil técnicas de vendas.

Mas pior do que não ser visto como uma disciplina autónoma e integrada, o marketing sofreu também o estigma de ser durante décadas olhado como algo que estava sempre do lado da despesa, ou seja, um custo, cujo o retorno era pouco ou nada mensurável. Quase um capricho apenas acessível às grandes empresas, que nas mentes mais incautas apenas investiam em marketing porque gostavam de ter bonitos e caros anúncios de televisão para apresentar nos seus relatórios de atividades. Não é por acaso que se criaram mitos como o de que “numa crise a primeira coisa a cortar é no marketing”. Foram anos e anos de desinformação que agora, felizmente, começam a terminar.

Com o advento do marketing digital tudo mudou. Até o Executive Board mais céptico esbarrou de frente com um novo mundo, em que todo o euro gasto em marketing pode ser medido em retorno – quase em real time. No mundo do e- commerce, do socialmedia, do live marketing, da IOT, da AI e dos influencers, o marketing assumiu uma nova centralidade em qualquer organização. É hoje absolutamente impossível pensarmos um negócio sem termos à cabeça a sua estratégia de marketing e o pensamento integrado da marca. Hoje, na maioria dos grandes negócios, a marca é mesmo o seu principal activo. Trocando por miúdos: sem marketing não há negócio.

Mas se podemos afirmar sem reservas que o digital mudou radicalmente o marketing, aumentando, como vimos, a sua importância dentro das empresas, temos também que reconhecer que o profissional de marketing alterou substancialmente a sua missão dentro das organizações. Mais do que perceber e traçar o destino estratégico da marca, é hoje exigido ao profissional de marketing que saiba navegar com clarividência e sem medos no admirável mundo do digital. Novos desafios e um maior relevo profissional, exigem também e cada vez mais novos conhecimentos e uma actualização de formação constante e quase permanente.

É neste novo mundo que a FLAG se assume como a principal escola de marketing digital em Portugal. Existente há 27 anos, somos uma escola que esteve sempre orgulhosamente à frente do seu próprio tempo. Em 1992, quando nascemos, nascia também o primeiro canal privado de televisão em Portugal e era enviado o primeiro SMS. Mas a FLAG já batalhava por um país onde a tecnologia assumisse um papel central no mundo empresarial.

Hoje a FLAG conta com uma oferta diferenciadora, formadores de elite e uma credibilidade só conseguida através de vários anos no mercado, a prestar um serviço de excelência aos seus formandos. Presente em Lisboa, Porto, Braga, Coimbra e Faro, a FLAG é a escolha óbvia para todos os profissionais de marketing que

pretendem actualizar os seus conhecimentos de uma forma rápida, prática e eficaz. Se acha que está na hora de dar o próximo passo na sua formação, talvez seja a hora de falarmos melhor.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Contacte-nos

Enviando

© APPM – Todos os Direitos Reservados. Website pela MindSEO. Alojamento pela WebHS.

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account